20.1 C
São Paulo
sexta-feira, fevereiro 26, 2021

Fumacê para curar o mundo do extrativismo

Beá Meira
Educadora, estudou na FAU/USP, artista visual e autora de livros didáticos para disciplina de Arte. Escreve e ilustra, ensina e aprende todo dia.

Os povos originários da América do Sul cogitavam sobre o caráter humano dos colonizadores, pois ao ver sua ganância com o ouro e a prata, imaginavam que comessem pedras.

Existem 796 áreas de extração de minérios a céu aberto no Brasil. Mais de 12 mil km2 de terras desencapadas por escavadores contumazes de buracos, que derrubam florestas milenares, poluem os rios e contaminam territórios imensos com a lama incontida de suas represas de rejeito. Estas empresas, na maioria das vezes, isentas de pagamento de impostos, exportam pedras e terras, montanhas inteiras são extraídas da nossa paisagem e carregadas em navios que atravessam oceanos para alimentar a fome da indústria mundial.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas

Antropologia e comunidades Afro-Venezuelanas em pauta

Daniel Amaro recebe Yara Altez Hoje, às 20h, acontece  a conversa entre o professor, diretor de teatro e coreografo Daniel Amaro e a antropóloga uruguaia/venezuelana...

#18Fev- Salvador

Movimento Negro cobra auxílio emergencial de R$ 600 e vacina para todos pelo SUS   Hoje, dia 18 de fevereiro de 2021, a Coalização Negra...

Relatora especial da ONU cobra EUA a acabar com bloqueio da Venezuela

Alena Douhan também  instou os bancos do Reino Unido, Portugal e EUA a descongelar os ativos da Venezuela para adquirir medicamentos, vacinas, alimentos e...

Priscila

Quase dois anos separam o registro das duas fotos. A mais recente foi feita na manhã desta segunda de descarnaval em Brasília, no Jardim...

Proibir é cuidar

São mesmo estranhos estes tempos em que vivemos. Nunca pensei ter um dia que concordar com alguma proibição que implicasse em controle do corpo....